Revista Veja destaca crescimento enorme nos cursos EaD
Atendimento pelo WhatsApp
Olá, gostaria de saber mais informações sobre os cursos EAD.









Sabe o que falta no seu currículo? Um curso que faça a diferença!!!
Revista Veja destaca crescimento enorme nos cursos EaD


Revista Veja destaca crescimento enorme nos cursos EaD

A revista Veja, que tem abrangência nacional, fez uma reportagem recente que mostra o quanto o Ensino a Distância (EaD) cresceu no Brasil. O conteúdo evidencia que as pessoas têm preferido os cursos EaD por causa da flexibilidade e dos preços mais baixos.

 

Desse modo, se você já fez um curso online ou conhece alguém que fez, certamente vai se lembrar que quando os cursos EaD começaram, há mais ou menos 20 anos, existia um certo preconceito com relação a quem fazia cursos 100% online.

 

Para uma geração acostumada com a lousa, o giz e o professor em sala de aula, aprender conteúdos das mais diversas áreas pela tela de um computador ou de um celular não parecia muito sério.

 

Preconceito com cursos EaD acabou

 

Mas, felizmente, isso mudou. Foi se percebendo, aos poucos, que o conteúdo é o mesmo e que a interação com o professor e outros alunos pode ser feita por videoconferências ou grupos de WhatsApp.

 

Nesse sentido, a revista Veja destacou que a adesão aos cursos EaD cresceu e continua crescendo.

 

Os números apresentados no artigo da Veja falam por si. Confira:

 

  • Em 2004 eram 60 mil matrículas em cursos EaD no Brasil
  • Elas representavam 4,2% do total de matrículas
  • Em 2018 eram 1,5 milhão de matrículas em cursos EaD
  • Elas representavam 18,6% do total de matrículas

 

Demanda chega à pós-graduação

Lembrando que esse quantitativo de matrículas se refere a todas as modalidades de ensino, desde a educação profissional, de cursos livres, de graduação e de pós-graduação.

 

E o mais interessante é que as matrículas nos cursos presenciais sofreram uma pequena queda de 3,7% no mesmo período.

 

Isso quer dizer que os cursos totalmente presenciais parecem não caber mais na rotina corrida da maioria das pessoas que querem se profissionalizar e se qualificar para o mercado de trabalho.

 

É possível fazer cursos EaD no caminho para casa

 

Segundo a revista Veja, muitas pessoas aproveitam as horas que “perdem” no ônibus ou no metrô, durante o trajeto casa-trabalho-casa, para assistirem às vídeoaulas.

 

E como as pessoas estão cada vez mais conectadas, passando mais horas por dia na internet e nas redes sociais, a interação com outros alunos e com o professor acaba se dando nos grupos de WhatsApp e nas plataformas próprias dos cursos.

 

Se você ficou curioso para ler o conteúdo completo do artigo da revista Veja, clique aqui.

 

Agora, para conhecer melhor os cursos Ead oferecidos do Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP), acesse o nosso site.



Data: 29/07/2019




Compartilhar: